Voltei das férias com o desafio de escrever mais um artigo sobre habilidades e dificuldades para expor ideias, falar em público, encantar pessoas com nossas palavras e ter uma boa argumentação. Curioso que após um período prolongado de descanso, as ideias também ficam distantes, parecem difusas e quase inexistentes. Até que decidi começar a leitura de mais um livro da pilha que repousa sob a mesa da cabeceira: TED TALKS – o guia oficial do TED para falar em público.

livraria cordis livro ted talks 700x300

Leio muito sobre esse tema e às vezes confundo de onde sai uma ou outra informação. O fato é que o conhecimento vai se misturando um a outro, dando origem a novos olhares sobre a questão e consolidando, cada vez mais, a ideia que sempre defendi: todos nós podemos desenvolver a habilidade para nos comunicarmos, compartilhar conhecimentos e ideias, provocar emoções através da fala. O livro joga luz em verdades que, por vezes, parecemos ignorar. Eu mesma já contei em outros artigos como venci a timidez que me consumia e conquistei a coragem de falar para multidões diante das câmeras e para grandes plateias em auditórios.

O livro lembra que a palavra ganhou novo status após o advento da Internet. Graças à Internet, uma palestra realizada numa sala pode ser vista por milhões de pessoas. Se a imprensa e o livro ampliaram enormemente o poder dos jornalistas e escritores, a internet tem ampliado a influência dos palestrantes. Ela permite que em qualquer lugar, qualquer um com acesso online receba em casa os maiores professores do mundo e aprenda diretamente com eles. Essa revolução levou ao renascimento da arte de falar em público.

comunicação digital 760x300

Embora não seja tão radical, há autores que conferem à fala um poder muito superior ao da escrita. A tese se baseia no fato de que a linguagem não verbal, o olho no olho, os movimentos de corpo, o tom de voz, o riso na face ou qualquer outra expressão, falam tanto ou mais que as palavras. Precisamos falar! Precisamos aproveitar cada oportunidade para falar, treinar, defender argumentos, dialogar.

Tenho que parar de escrever porque os textos precisam ser curtos na web (é outro detalhe que me deixa desconfortável). Mas preciso fazer um apelo: não espere mais para começar a se expressar em público. Peça a palavra em reuniões de trabalho, faça palestras, enfrente seus medos, sua mente sabotadora, renove seus pensamentos . Sua carreira certamente ganhará novos contornos. E o que é mais importante, você verá que pode contribuir, ouvir, ajudar muitas pessoas com suas experiências, seu conhecimento e suas vulnerabilidades.